Como fazer um planejamento financeiro pessoal?

Anúncio

Ei, você! Isso mesmo, você aí do outro lado da tela, navegando pelo ciberespaço! Como estão as suas finanças? Não sabe responder? Ah, meu caro leitor, então você veio ao lugar certo! Hoje, vamos conversar sobre como fazer um planejamento financeiro pessoal.

Mas espera aí… Eu disse planejamento financeiro pessoal, e já vi seus olhinhos brilhando pensando em dinheiro sobrando no final do mês, viagens, compras e até mesmo naquela aposentadoria tranquila, não é? 

Anúncio

Pois é, tudo isso pode ser realidade com um bom planejamento financeiro. Então, pegue uma caneta, um papel (ou abra a planilha do Excel) e vamos juntos nessa jornada!

O que é planejamento financeiro pessoal?

Em termos simples, planejamento financeiro pessoal é o ato de gerir o seu dinheiro de forma eficiente para alcançar seus objetivos financeiros. 

De fato, é como um mapa que você traça para guiar suas finanças e garantir que você chegue onde quer.

Leia também: Tarifa social de energia elétrica: saiba o que é e como conseguir

Para que fazer o planejamento financeiro pessoal?

Imagina que você vai fazer uma viagem de carro. Você simplesmente entra no carro e sai dirigindo sem saber para onde está indo? Claro que não! 

Você planeja a rota, confere o combustível, verifica a condição dos pneus… Pois bem, o planejamento financeiro pessoal é a mesma coisa, só que para a sua vida financeira.

Ele te ajuda a tomar decisões financeiras mais informadas, permite que você alcance seus objetivos financeiros e te dá uma visão clara de onde o seu dinheiro está indo.

Como fazer um planejamento financeiro pessoal?

Agora que já sabemos o que é e para que serve o planejamento financeiro pessoal, vamos ao que interessa: como fazer um? Siga esses passos e veja sua vida financeira mudar!

1. Comece pelo seu orçamento

Antes de mais nada, você precisa conhecer o seu orçamento. Faça uma lista com todas as suas despesas e todas as suas receitas. 

E quando eu digo todas, são todas mesmo! Desde o aluguel até aquele cafezinho que você compra toda manhã.

2. Adeque seu padrão de vida

Depois de listar todas as suas despesas, é hora de avaliar se o seu padrão de vida está de acordo com a sua renda. 

Em suma, se as suas despesas são maiores do que a sua receita, é hora de fazer alguns cortes. E lembre-se: não há vergonha nenhuma em viver dentro das suas possibilidades.

Leia também: Como entrar no plano minha casa minha vida

3. Quite as dívidas

Se você tem dívidas, elas devem ser sua prioridade. Por isso, negocie com os credores, faça um plano de pagamento e quite-as o quanto antes. Afinal, é impossível ter tranquilidade financeira com uma dívida pendurada no pescoço.

4. Economize dinheiro

Agora que você já ajustou seu padrão de vida e quitou suas dívidas, é hora de começar a economizar. Em suma, tente guardar pelo menos 10% da sua renda todo mês.

5. Tenha metas

De fato, ter metas financeiras é muito importante para manter o foco e a motivação. Pode ser uma viagem, a compra de um carro, a aposentadoria… O que importa é ter um objetivo claro em mente.

6. Comece a investir

Depois que você já tem uma reserva de emergência e está economizando regularmente, é hora de começar a investir. 

Em suma, existem várias opções de investimento, desde a poupança até a bolsa de valores. 

O importante é encontrar uma opção que esteja de acordo com o seu perfil de investidor e com os seus objetivos financeiros.

Como fazer um planejamento financeiro pessoal?

E aí, gostou das dicas? Espero que sim! 

Contudo, lembre-se: fazer um planejamento financeiro pessoal é um processo contínuo. Dessa forma, reavalie seu plano regularmente, ajuste-o conforme necessário e veja a magia acontecer. 

Volte sempre em nosso site e acompanhe-nos pelo Google News para ficar por dentro dos conteúdos mais fascinantes! Será um imenso prazer tê-lo(a) em nossa companhia!

Buscando…

0