Como sair das dívidas? GUIA COMPLETO

Anúncio

Você quer saber mais sobre como sair das dívidas? Então chegou ao local certo!

De fato, é fácil se sentir oprimido quando as dívidas começam a se acumular. De cartões de crédito a empréstimos pessoais, a sensação pode ser sufocante. 

Anúncio

Mas, com os passos certos e a atitude positiva, você pode sair dessa situação e dar a volta por cima. 

Em suma, este guia completo vai te ajudar a entender melhor como lidar com as dívidas e retomar o controle da sua vida financeira. Acompanhe agora mesmo!

Veja também: Como fazer um planejamento financeiro pessoal?

Como sair das dívidas?

O primeiro passo para a sua liberdade financeira é conhecer a realidade de suas dívidas. Parece um conselho simples, mas é surpreendente quantas pessoas não têm uma ideia clara de quanto devem. 

Anote todas suas dívidas

Anote tudo, desde empréstimos estudantis até aqueles gastos esporádicos no cartão de crédito que acabaram se acumulando.

Além do valor total, também anote as taxas de juros, as datas de vencimento e os pagamentos mensais mínimos. 

Em suma, este será o seu ponto de partida, uma visão clara de onde você está agora e um mapa para onde você precisa ir.

Organize o seu orçamento

Agora que você tem uma visão clara das suas dívidas, é hora de organizar seu orçamento. 

A questão é: para onde está indo o seu dinheiro? 

Registre todos os seus gastos durante um mês, incluindo as despesas fixas como aluguel ou hipoteca, contas de serviços públicos, alimentação e transporte, além das despesas variáveis, como lazer e gastos extras.

Depois, compare suas despesas com a sua renda. Se seus gastos estão ultrapassando o que você ganha, é hora de fazer alguns ajustes. 

Dessa forma, identifique áreas onde você possa cortar custos, seja diminuindo o pacote de TV a cabo, fazendo refeições em casa em vez de comer fora ou usando transporte público em vez de Uber.

Monte um plano de pagamento

Com as suas dívidas anotadas e o orçamento em ordem, agora você pode montar um plano de pagamento. 

De fato, existem várias estratégias para isso, como o método “bola de neve”, em que você paga a menor dívida primeiro para ganhar impulso, ou o método “avalanche”, que prioriza dívidas com taxas de juros mais altas.

O importante é escolher um plano que funcione para você e se comprometer com ele. 

Isso pode significar fazer mais do que o pagamento mínimo em algumas dívidas, enquanto mantém os outros no mínimo até que a primeira seja paga.

Renegocie os valores e juros

Não tenha medo de entrar em contato com seus credores para renegociar suas dívidas. 

Muitas vezes, eles estão dispostos a reduzir os juros ou estender o prazo de pagamento se isso significar que eles receberão o pagamento. 

Em suma, explique a sua situação, mostre que você está comprometido em pagar a dívida e peça ajuda. Você pode se surpreender com o quanto eles estão dispostos a flexibilizar.

Mantenha o foco, corte gastos e defina prioridades

Sair das dívidas não é um processo rápido, e pode ser fácil perder o foco. Mas é crucial manter a determinação. 

Defina metas claras e acompanhe o seu progresso. Celebre as pequenas vitórias, como pagar a primeira dívida ou reduzir o uso do cartão de crédito.

Além disso, continue cortando gastos sempre que possível e definindo prioridades. 

Talvez você precise adiar aquelas férias dos sonhos por mais um ano, ou talvez aquele jantar semanal com os amigos se transforme em um jantar mensal. 

Contudo, lembre-se, esses são sacrifícios temporários para um futuro financeiro mais seguro.

Não crie novas dívidas

Por fim, e talvez o mais importante, não crie novas dívidas. Resista à tentação de abrir um novo cartão de crédito ou fazer um grande empréstimo. 

Se você realmente precisa comprar algo, economize até ter dinheiro suficiente para pagar à vista. O seu eu futuro agradecerá.

De fato, sair das dívidas não é fácil, mas com planejamento, determinação e um pouco de paciência, é definitivamente possível. 

Se gostou de nosso guia de como sair das dívidas, te convido a voltar sempre em nosso site e a nos acompanhar no Google News! Será um imenso prazer tê-lo(a) conosco!

Buscando…

0